Serviços Arquitetônicos - Estudos de Caso

Estudo de Caso 08

ESTUDO DE CASO FRIDH

SITUAÇÃO: Com o objetivo de verificar precisamente e cientificamente a capacidade de economia de energia das películas de controle solar, a LLumar uniu forças com a empresa líder mundial de conservação de Energia (ESCO) Johnson Controls para montar um procedimento de pesquisa controlada. Antes da instalação das películas, a equipe técnica da LLumar fez uma simulação computacional (modelagem energética) utilizando o método de análise DOE-2 do Departamento de Energia dos Estados Unidos para determinar a economia teórica calculada pelo modelo de simulação.

SOLUÇÃO: Após a análise de compatibilidade da película com os vidros bronze do edifício, localizado próximo a Chicago, decidiu-se pela instalação de uma película de controle solar do tipo Low-e, justamente para avaliar a economia de perda de calor no inverno, para demonstrar que as películas não são produtos de uso exclusivo em locais de climas quentes. Após a Instalação das Películas de controle solar, por 12 meses, a Johnson Controls realizou medições de acompanhamento seguindo as determinações do Protocolo Internacional de Medição e Verificação de Performance (IPMVP).

RESULTADO: Durante os 12 meses após a instalação das películas de controle solar, as medições constataram uma economia de 8,8% no consumo de energia do edifício, gerando um pay-back de 3 anos. O modelo de simulação de desempenho energético utilizando o método de análise DOE-2 gerou uma economia teórica de 8,4%, um pouco acima do valor verificado na prática. O experimento analítico demonstrou de maneira inquestionável que é possível obter uma significante economia de energia com o uso de películas de controle solar e que o valor do investimento é totalmente recuperado. Além disso, o teste comprovou a precisão do modelo de simulação de desempenho energético utilizado pela LLumar.

DOWNLOAD